Artigo de Blogue

Todos os Artigos

Palmarés do Queer Porto 3

Teve lugar esta noite, às 21h30, a Noite de Encerramento da Terceira Edição do Festival Internacional de Cinema Queer Porto, no Auditório Isabel Alves Costa, no Teatro Rivoli, onde foram anunciados os prémios de Melhor Filme da Competição Oficial e Melhor Curta-Metragem de Escola da Competição In My Shorts, bem como a escolha do público.

O Júri da Competição Oficial, composto por António MV (artista visual e multimédia), Pedro Bessa (produtor da RTP) e Sara Carinhas (atriz) decidiu atribuir o Prémio de Melhor Filme a I Am Truly a Drop of Sun on Earth (Suíça, 2017), de Elene Naveriani, um prémio no valor de 3.000,00€ atribuído pela RTP2, pela compra dos direitos de exibição do filme neste canal. 

O público do Queer Porto 3 premiou The Wound (África do Sul, Alemanha, Holanda, França, 2017), de John Trengove, com o Prémio do Público para Melhor Filme.

O Júri atribuiu ainda o prémio de Melhor Curta-Metragem de Escola da Competição In My Shorts Quando o Dia Acaba (Portugal, 2017), de Pedro Gonçalves, um prémio no valor de 400€ em equipamento audiovisual, patrocinado pela Much Underwear, e num crédito de 500€ para formação numa das Escolas Restart, de Lisboa ou Porto.

O Júri decidiu ainda atribuir uma Menção Especial à curta-metragem A Espera (Portugal, 2016), de Joana Alves.

Queer Porto 3 continua amanhã, domingo, dia 8 de outubro, com a exibição dos  últimos títulos do programa “This is Me”, nomeadamente: Mapplethorpe: Look at the Pictures (22h), já nomeado para dois Emmys, um retrato íntimo e crítico de Robert Mapplethorpe dos realizadores Fenton Bailey e Randy Barbato; a estreia absoluta de Blackstar: Autobiography of a Close Friend, de Tom Joslin, às 17h00; e ainda um conjunto de curtas-metragens e a longa-metragem Tender Fictions, de Barbara Hammer (15h), figura incontornável do cinema experimental, cujo trabalho foca questões da política do corpo.

Amanhã, o Teatro Rivoli acolhe ainda uma sessão especial em que será exibido o documentário Les Vies de Thérèse, realizado por Sébastien Lifshitz, vencedor em 2016 da Queer Palm no Festival de Cannes, enquanto no espaço malavoadora terá lugar a mais recente performance de Rachel Mars, Your Sexts Are Shit: Older Better Letters, às 20h30. As entradas custam 5 euros.