Artigo de Blogue

Todos os Artigos

Palmarés Queer Porto 4



Palmarés do Queer Porto 4

Teve lugar esta noite, às 21h00, a Noite de Encerramento da 4ª edição do Queer Porto - Festival Internacional de Cinema Queer, no Pequeno Auditório, no Teatro Rivoli, onde foram anunciados os prémios de Melhor Filme da Competição Oficial e Melhor Curta-Metragem de Escola da Competição In My Shorts, bem como a escolha do público.

Palmarés

Competição Oficial
 
Melhor Filme: Soldiers. Story from Ferentari (Roménia, Sérvia, Bélgica, 2017, 119’), de Ivana Mladenovic

Prémio do Público: Dykes, Camera, Action! (EUA, 2018, 57’), de Caroline Berler

Menção Especial: The Rest I Make Up (EUA, 2018, 79’), de Michelle Memran

Competição In My Shorts

Melhor Curta-Metragem de Escola: Brthr (Portugal, Espanha, 2017, 8’), de Inma Veiga

O Júri da Competição Oficial, composto por Da Mata (artista e curador), Liad Hussein Kantorowicz (performer) e Tiago Alves (radialista e jornalista) decidiu atribuir o Prémio de Melhor Filme a Soldiers. Story from Ferentari (Roménia, Sérvia, Bélgica, 2017), de Ivana Mladenovic, um prémio no valor de 3.000€ atribuído pela RTP2, pela compra dos direitos de exibição do filme neste canal. Segundo o Júri: "Excelente filme que vem questionar a cisheteronormatividade romena que disciplina e controla corpos e desejos, causando sofrimento a quem ousa ser diferente. Numa perspectiva queer, o filme materializa-se no questionamento das demandas feitas a partir da construção da masculinidade, em outras palavras, chama a atenção para as normas que os criam."

O Júri decidiu ainda atribuir uma Menção Especial ao documentário The Rest I Make Up (EUA, 2018), de Michelle Memran. “No labirinto de Maria Irene Fornés, os fios são desatados pela realizadora Michelle Memran. Não só com o poder de se transformar e se colocar também em questão, Memran foge da estigmatização habitualmente associada ao sujeito com Alzheimer’s. É uma verdadeira ode à amizade."
 
O público do Queer Porto 4 premiou Dykes, Camera, Action! (EUA, 2018), de Caroline Berler, com o Prémio do Público para Melhor Filme.

O Júri atribuiu ainda o prémio de Melhor Curta-Metragem de Escola da Competição In My Shorts a Brthr (Portugal, Espanha, 2017), de Inma Veiga, um prémio no valor de 400€ em equipamento audiovisual, patrocinado pela Much Underwear, e num crédito de 500€ para formação numa das Escolas Restart, de Lisboa ou Porto. Segundo o Júri: “Brthr” é uma biografia ficcionalizada que fortifica o sentimento de irmandade e de acolhimento afetivo a alguém que se encontra fora do lugar."

Queer Porto 4 continua amanhã, domingo, dia 14 de outubro, na BlackBox da Mala Voadora, com a exibição às 17h, do filme No Democracy Here, de Liad Hussein Kantorowicz e uma conversa com a realizadora que estará presente na sessão. O festival finaliza com a performance #LOSMICRÓFONOS, de Jorge Dutor e Guillem Mont de Palol, às 20h30, na Black Box da Mala Voadora.