Artigo de Blogue

Todos os Artigos

Programa de entrada livre dedicado ao candomblé e umbanda na Casa Independente

No âmbito da mostra “A Experiência Afro-Brasileira na Tela”, realizar-se-á este domingo, dia 11 de dezembro, na Casa Independente, um programa dedicado às religiões do candomblé e da umbanda. A entrada é gratuita.

Pelas 16h00 será exibida a curta-metragem documental Mulheres de Axé - Vozes Contra a Intolerância, de Marcos Rezende, precedida das curtas Pobre, Preto, Puto, de Diego Tafarel, e Labelle, de Isabel Nobre Feitoza, seguindo-se o debate Sexualidades Queer, Identidade e Género no Candomblé e na Umbanda, no qual se pretende refletir sobre a importância histórica destas religiões no Brasil e o modo como ainda hoje são um reduto de resistência social e política.

O debate conta com a presença de Clara Saraiva (Investigadora do Centro de Estudos Comparatistas UL e CRIA-FCSH), Karla Bessa (Professora na Universidade Estadual de Campinas) e de Pai Paulo e Pai Pedro, do Candomblé e da Umbanda, respetivamente.

Este segundo dia da mostra “A Experiência Afro-Brasileira na Tela” termina com um DJ set de Mário Valente.