Artigo de Blogue

Todos os Artigos

‘A Rainha Diaba’ no encerramento do ciclo “A Experiência Afro-Brasileira na Tela”

O encerramento do programa “A Experiência Afro-Brasileira na Tela” está marcado para as 21h00 de quinta-feira, 15 de dezembro, na Cinemateca Portuguesa, com um clássico do cinema brasileiro, A Rainha Diaba, filme de Antônio Carlos da Fontoura, que recupera a figura mítica que nos anos 1940 ficou conhecida como “Madame Satã”, um negro, boémio, homossexual, aqui interpretado por Milton Gonçalves.

No mesmo dia, às 18h00, será exibido Inside the Mind of Favela Funk, de Elise Roodenburg e Fleur Beemster, documentário que aborda como a afirmação da cultura jovem afro-brasileira passa também pela música.

Mas a partir desta segunda-feira, dia 12 de dezembro, há vários outros filmes a destacar na programação do ciclo “A Experiência Afro-Brasileira na Tela”, na Cinemateca Portuguesa. Entre os destaques estão filmes como Branco Sai, Preto Fica (passa na terça-feira, às 18h00), de Adirley Queirós, uma docu-ficção com toques de ficção científica sobre a discriminação racial que se vive no Brasil; Morro dos Prazeres (terça-feira, 21h00), documentário de Maria Ramos focado no quotidiano dos habitantes do Morro dos Prazeres e as tensões entre estes e as forças policiais; ou A Negação do Brasil (quarta-feira, 21h00), documentário onde Joel Zito Araújo reflete sobre a importância da representação de negras e negros na telenovela brasileira para a construção de identidades.