Filme

A.I.D.S.C.R.E.A.M.

A.I.D.S.C.R.E.A.M.

Primeiro de três filmes na Trilogia que Jerry Tartaglia dedicou ao VIH/sida, esta curta-metragem é uma das primeiras expressões de raiva pessoal em relação à resposta americana à epidemia. Uma vez que o vírus se tornou numa conveniente desculpa para dessexualizar os homens gay e, com isso, destruir a libertação gay, o filme expressa ódio e raiva queer às malsucedidas construções da cultura heterossexual em reconhecer o impacto político da doença.