Filme

Barravento

Barravento

Numa aldeia de pescadores de xaréu, cujos antepassados vieram de África como escravos, permanecem antigos cultos místicos ligados ao Candomblé. Firmino (Antônio Pitanga) é um antigo morador que se mudou para Salvador na tentativa de escapar à pobreza. Ao regressar, sente uma atração por Cota, ao mesmo tempo que não consegue esquecer a sua antiga paixão, Naína, que, por sua vez, gosta de Aruã. Firmino encomenda um despacho contra Aruã, que acaba por não ser atingido. O alvo acaba por ser a própria aldeia, que passa a ser impedida de pescar.