Filme

Between my Flesh and the World’s Fingers

Between my Flesh and the World’s Fingers

Mary MacLane, a “Wild Woman of Butte”, no Montana, publicou os seus diários em 1902 e 1917. Uma assumida queer e proto-feminista na viragem do século, MacLane tornou-se conhecida pela publicação do seu diário de 1902, I Await the Devil’s Coming. Ela foi catapultada do infernal cenário industrial da sua cidade natal no Montana, para uma vida pública como autora, jornalista, realizadora pioneira e sempre provocadora - subvertendo normas sociais ao longo da sua carreira, com um foco especial na gravidade de certas noções sobre mulheres e sexualidade.