Filme

Fresh Kill

Fresh Kill

Fresh Kill representa a relação entre o capitalismo e o consumismo desde a Ilha das Orquídeas, em Taiwan –usada como depósito para resíduos radioativos na década de 1980–, à costa de Staten Island, em Nova Iorque. Explorando as relações entre personagens representativas de estratos sociais diferentes, o filme levanta questões relativas ao elitismo, ao racismo, ao sexismo e à heteronormatividade, entre outros.