Filme

La Pudeur ou l'impudeur

La Pudeur ou l'impudeur

O escritor Hervé Guibert, doente terminal de VIH/sida, filma o seu quotidiano durante os seus últimos meses de vida. Tendo provocado uma intensa polémica após a sua exibição no canal francês que o coproduziu, este diário íntimo mostra a decadência progressiva de um corpo 'medicalizado' que o próprio realizador cada vez menos reconhece como seu. Um filme concebido e realizado como um clamor, um grito cuja razão de ser não é mais que a dor intensa que o provoca.