Filme

Agenda

My War Hero Uncle

Elifelet

"Decidi começar a enviar cartas... até à minha tão esperada dispensa". Ami escreveu estas palavras aos 18 anos, antes de ser morto na Guerra de 1967. Através de histórias, cerimónias do Dia da Memória e das suas cartas, Ami foi sempre uma ausência presente para o seu sobrinho Shaked, o realizador do filme. Com o declínio da saúde da avó, Shaked faz um pedido ao Ministério da Defesa para conseguir-lhe cuidados de enfermagem. O seu pedido é rejeitado. E esta recusa deixa-o confuso. Cinquenta anos após a morte de Ami, uma verdade chocante será revelada.